2

TENDÊNCIAS DOS COLARES PARA 2016

colares-Beyoncé

Os colares, sem duvida, dão um charme a mais no visual das mulheres. Eles são perfeitos para finalizar o look. -Quer um exemplo disso? Imagine você usando um vestido com um belo decote. Aposto que imaginou-se deslumbrante, e com um colar para detalhar esse decote ficaria perfeito. Porém agora vamos ver o que  interessa, conheça as tendências dos colares para 2016!

MAXI COLARES


Em 2016, os maxi colares continuaram na moda, mas tendem a ser mais curtos, e as correntes ficaram mais grossas. O dourado continua roubando a cena.

maxi-colar-corrente-dourada_1347328668622_BIG

MODELOS TRIBAIS


Eles são um pouco mais discretos, mas nem por causa disso menos elegantes.

images

COLARES TRIPLOS


Eles vieram dos anos 70 e prometem ficar dessa vez.

images (1)

PEDRAS NATURAIS 


Pedras naturais devem surgir forte entre os acessórios como brincos e colares.

maxi-colar-de-pedras-naturais

Gostou? está dentro do esperado? Fique a vontade para comentar!

1

Use o cinto de acordo com o seu biótipo!

acessorios-nas-famosas-cintos-4

O cinto, acessório do cotidiano feminino, faz muita diferença no visual das mulheres. Mas  ainda deixam as mulheres com o pé atrás na hora de escolher o modelo ideal para o seu tipo de corpo. Veja algumas dicas que podem fazer toda diferença na hora da escolha do seu cinto, de acordo com o seu biotipo!

DSC04642

Quadril largo com seios pequenos – abuse das peças folgadas e acrescente o acessório para definir a silhueta do corpo, no caso dos seios pequenos e quadril largo o ideal é usar o cinto mais largo bem abaixo do seio, assim valoriza os seios e cintura, tirando o olhar para o quadril largo.

blogger-image--1851668076

Quadril e seios largos – é importante evitar cintos bem abaixo do busto, porque eles aumentam o volume dos seios e ombro. O ideal é valorizar a cintura, tanto com cintos largos ou finos, a escolha do tamanho e material depende do seu look. Só não os use tão justos, o acessório é apenas para definir a cintura e não te apertar.

cintos010

Quadril pequeno e seios fartos – use os cintos na região do umbigo e quadril, é um ótimo truque para dar aquela empinada no bumbum e disfarçar a barriguinha indesejada, os cintos mais largos são aconselháveis.

foto-cinto-fino-com-vestido-01

Baixinhas com seios fartos – as baixinhas podem quase tudo, o ideal é evitar cintos muito abaixo dos seios ou da cintura, que aumentam o volume e achatam a silhueta. Cintos largos ou grossos devem ser posicionados acima ou abaixo da cintura, mas o truque é usar os cintos largos na cintura para alongar a silhueta.

8

SAINDO DO SALTO COM ESTILO

Muitas mulheres tem dificuldade em usar salto algumas por não conseguirem se equilibrar outras porque acham o salto desconfortável e até por não ter o costume. Aí é aquele sofrimento quando aparece alguma festa, evento mais formal que normalmente pede por um salto alto.

Sim, saltos altos deixam as pernas mais definidas, alongam a silhueta e até conferem uma melhorada na postura mas, isso não quer dizer que é impossível ficar elegante usando um sapato baixo basta tomar alguns cuidados na escolha dos modelos baixos para se sair bem até em ocasiões formais.

Eventos informais: é possível explorar mais modelos, inclusive os mais abertos (como sandálias de tirinhas), coloridos (sapatilhas de cores vibrantes) e ainda tênis flat (modelos bem delicados, que são quase uma sapatilha de amarrar e não se parecem com os esportivos). O ideal é optar por roupas um pouco mais elegantes para compensar, como shorts de alfaiataria, saias ou vestidos de viscose ou crepe. As blusas podem ser lisas ou estampadas, feitas em malhas de viscose ou algodão.

informal

Eventos formais: para eventos à noite e casamentos, pode-se usar sapatos fechados feitos em verniz, que tem um brilho que enriquece o visual. Se preferir sandália, escolha uma que tenha algum enfeite, como pedrarias. A roupa é a mesma que se usaria com salto, mas não se esqueça de adequar o comprimento ao calçado baixo.

formal

Para trabalhar: a recomendação é sapatilha ou sapato peep toe. No caso de sandálias, opte pelas com calcanhar fechado e tiras mais largas, que cobrem razoavelmente os pés. Se possível, um saltinho de 3 cm já colabora bastante para transmitir mais seriedade. Componha o look com calça e saia de alfaiataria, combinadas a partes de cima mais elegantes, feitas em crepe de seda, viscose ou tricoline de algodão. Vestido de alfaiataria deve estar na altura do joelho ou até cinco dedos acima dele.

trabalho

Veja alguns exemplos abaixo:

SAPATILHAS 


 a5 (1)

O look pode ser o mais básico de todos que com uma sapatilha luxo, ele vai ficar bem chic. Imaginem qualquer sapatilha acima, com um vestido preto básico ou com uma bermuda/short/saia jeans e camiseta branca. Perfeito.

RASTEIRAS


b3 (1)

Rasteiras também têm seu lugar, mas aqui tem que ter muito cuidado com uma coisa: o pé tem que estar muito cuidado. Limpinho, unha feita, calcanhar hidratado. Gosto das metalizadas e com pedrarias para dar um up no visual.

Agora você já sabe como sair do salto com estilo e não precisa mais ficar presa aquele salto que te incomoda tanto.

1

ACESSÓRIOS DO VERÃO 2016

Os acessórios que prometem ser sucesso na próxima estação são bem ousados e diferentes acredito que muitas demorem a se acostumar e outras nem vão adotar a tendência, o que é super normal.

BODY CHAIN


bodyMas afinal o que é o Body chain (corrente de corpo) ? Vamos dizer que é: Colar, cinto, piercing, pulseira, anel – tudo ao mesmo tempo através de finas correntes douradas ou prateadas contornando o corpo. Muito mais que um simples colar, o bacana das body chains é que elas conferem sensualidade e informação de moda a qualquer look em um passe de mágica. Seja usando as versões entrelaçadas na frente ou nas costas do corpo.

LEG CHAIN


legAs Leg Chain (corrente de perna)Também é um acessório lindo e super diferente que dá para usar com saias e shorts obviamente com peças mais curtas para o acessório ficar á mostra. As peças já são os queridinhos das famosas. Durante o calor do Hemisfério Norte, Vanessa Hudgens e Lindsay Lohanjá foram vistas usando as suas. Os modelos são variados – além da versão cascata presa à coxa, existe também uma longilínea que se prende do joelho ao tornozelo. E o melhor: combina tanto com looks de pegada rock, quanto com visuais boho.

BARREFOOT SANDALS


boot

Já ouviram falar das Barrefoots Sandals (sandálias sem solado)? Isso mesmo, rs. As Barrefoots tem origem indiana e foram adotas no Ocidente como o sapatos da noiva que vai casar na praia ou uma solução bonita e elegante para quem  não quer ficar descalça, que chique!

E vocês usariam? Vão apostar em qual das tendência para o verão?

4

TENDÊNCIA PARA O VERÃO 2016

Desde quando foi lançada a moda das roupas mais abertas e decotas e algumas mulheres acabavam deixando o sutiã á mostra e a partir desta época deixar a alça do sutiã aparecendo era considerado brega e até mesmo vulgar. E para tentar solucionar o problema o mercado resolveu lançar o sutiã com alças e costas de silicone. Apesar de a peça existir até hoje, as mulheres perceberam que é uma afronta ao bom gosto.

Graças a Deus a moda entendeu que o sutiã não é uma peça que precisa está escondida e as mulheres podem sim exibi-las como parte do seu look. Depois de muitos sutiãs de renda, colorido e com estampas variadas, surge o que promete ser a sensação do verão: o strappy bra ou bralette.

strappy10

O STRAPPY BRA é um sutiã ou top com tiras que formam um desenho geométrico entre tiras mais finas ou mais largas. As peças podem apresentar detalhes nos seios, nas alças dos ombros ou nas costas e são perfeitos para serem usados com transparências, camisas com decotes, camisetas com aberturas laterais ou nas costas.

strappy-bra1

Eu adorei essa tendência e espero que ela dure por mais tempo, porque além de ser super útil, deixa um efeito legal e descontraído no look. As peças são facilmente encontradas em sites gringos como: AliExpress.

0

ORIGEM DO BRINCO

brincos-grandes

Os brincos são acessórios de extrema importância no cotidiano feminino. Conheço muitas mulheres que quando esquece de coloca-los, acabam se sentido incompletas. É como fossem a blusa ou sutiã, e sair de casa sem uma dessas peças torna-se muito complicado. Agora conheça um pouco da história dos brincos!

A história dos brincos vem sendo montada ao longo do tempo por estudiosos. Seja como um sinal de riqueza ou objeto de identificação cultural. Historiadores afirmam que seu uso se deu por volta de 2500 A.C. De acordo com algumas crenças antigas, pensava-se que espíritos malignos poderiam  penetrar o corpo de uma pessoa através de seus orifícios. Com o propósito de impedir que isso acontecesse, é que surgiram os primeiros brincos. Após esse marco, os brincos ganharam popularidade e estilo, atravessaram o tempo influenciados ela condição econômica de seus usuários, pela moda e por fatores sociais.

0006714_brinco-argola-tubo-0513914

Originários da Ásia e Oriente Médio, os brincos tinham dois formatos: os pendentes que eram bem elaborados e as argolas. Funcionavam como indicadores de status sociais, quem os usavam era sinal de que haviam riquezas. Entre os marinheiros, ter uma orelha furada significava que o usuário do brinco havia viajado por todo o mundo ou cruzado a linha do equador.

esmeralda

Durante o império romano, pedras preciosas como safiras, esmeraldas e águas marinhas eram largamente utilizadas para compor seu design, e as mulheres ricas usavam os brincos para exibir seu status social.  Mas na idade média,a pobreza veio com tudo, e as jóias de metais declinaram nitidamente, embora o design tenha sido preservado e usado posteriormente. Durante esse período a atenção se voltou para os penteados e vestimentas mais elaborados, bem como os enfeites de cabeça. Como resultado disso, os brincos perderam muito de seu apelo.

Entretanto, durante o século XVI, os cabelos começaram a ser usados presos, no alto da cabeça, deixando o rosto à mostra. Dessa forma, os brincos começaram a aparecer novamente, por volta de 1850. No entanto, perderam popularidade mais uma vez, já que os cabelos passaram a ser usados cobrindo as orelhas e bonés e chapéus eram quase que obrigatórios. Além disso, a crença religiosa e o comportamento social da época associavam os brincos ao paganismo, à vaidade e aos excessos morais.

Em meados do século XX, os brincos ressurgem com força total e com diferentes formas,tamanhos e pesos. Tornaram-se populares sendo que os modelos mais discretos eram usados durante o dia e os mais deslumbrantes ficavam reservados para a noite. Atualmente podemos ver uma gama de brincos por aí, e a moda faz com que se tornem cada vez mais presente.

Celebridades-Brinco-Franjas